Adestradora de Cornos

Era um dia normal, às três da tarde, com as pessoas trabalhando e eu sentado numa pica durante a tarde no motel. Meu celular disparava notificações, o meu coração virtual.... The post Adestradora de Cornos first appeared on Contos Eróticos Bons. O post Adestradora de Cornos apareceu primeiro em Contos Eróticos Bons.

Adestradora de Cornos

Era um dia normal, às três da tarde, com as pessoas trabalhando e eu sentado numa pica durante a tarde no motel.

Meu celular disparava notificações, o meu coração virtual mandava mensagens para perguntar o que eu estava fazendo.

Meu corninho estava trabalhando e mandei uma foto do que eu estava fazendo… Sentada com outro homem em um motel… Minha alma virtual adora isso.

Olá, sou a bunny e estou completamente envolvida nessa fase de adestramento de cornos. Havia criado um ig para me exibir, mas o instagram excluiu a minha conta. Acho que exagerei no exibicionismo…

Por gentileza, sigam-me lá, pois adoro me exibir a vocês… Antes, vamos ao conto de hoje.

Estava entediada e resolvi tomar um sol na piscina do meu apartamento. Um bichinho de fio dental que decidi enterrar ao máximo na raba, com oculos escuros para poder observar quem me observasse, e um fogo no rabo de 5 anittas.

A última apertada no bikine na frente do espelho e a descida pelo elevador, enrolada numa kanga. Um homem do andar de cima estava no elevador e eu já fui olhada sem nem ter chegado à piscina ainda.

Tenho o hábito de me exibir e de admirar os tarados que me observam.

Sou a caricatura exata dos sonhos pervertidos dos tarados por novinhas. O ar burgueso deixa os homens ainda mais atrasados em dar a rola na patricinha.

A bunda grande é o que mais perturba o meu ego. É vaidade pura, adoro mostrar a bunda e reparar nas reações dos tarados, babando-me. Seja na piscina ou no ig para os punheteiros, que sempre me enviam mensagens.

Gosto de me fazer de sonsa, ficar empinando distraida “sem perceber” que os tarados estão me olhando.

Ao adentrar a piscina, encontrei três jovens de aproximadamente 15 anos que estavam presentes. Ficou perfeito! hahaha

Desenvolvi a kanga, liberei toda a raba de fora, dei uma apertada no bikine, enterrei TUDO na bunda e deitei-me de costas para o mundo.

Aquela turma ia fazer um show para punhetar o banho deles.

Os rapazes se cutucavam, riam e me olhavam, e eu ali, de bundinha pro alto. O salva vidas da piscina, apesar de enorme, não conseguia disfarçar para olhar a minha bunda também. Estou louca de desejo com toda aquela atenção.

Fiquei ali por uma hora sob o sol e a minha bunda já estava ficando vermelha de tanto olhar para mim. Precisava de uma picareta grossa para apagar o meu fogo.

Enviei uma foto para o meu amigo virtual, que estava no trabalho, e acredito que ele ficou mais tarado que os moleques da piscina. No entanto, posso enviar fotos para o meu corninho e, sempre que possível, mando fotos para ele.

Ainda na piscina, comecei a mexer no cel para encontrar um contato para me alimentar de forma gostosa e apagar o desejo que despertava.

Acabei marcando de almoçar com um peguete safado e avisei o corno de que iria almoçar com um comedor. O corno quase gozou nas calças no meio do trabalho ao ler os prints da conversa que mandei para ele.

Levantei-me da espreguiçadeira, ajeitei o bikine, olhei mais para os meninos e não me enrolei na kanga. Saí rebolando de bikine, bunda de fora e kanga na mão. Sou muito sonsa.

Tomei um banho loka de tesão, so pensava em pica. O corno estava me enviando uma mensagem com o objetivo de saber qual seria a pica que eu iria levar.

vestidinho curtinho, salto e batonzinho vermelho pra borrar tudo numa rola grossa. Eu tava pronta pra chifrar o meu corno virtual. Mandei foto pra ele mostrando a roupinha e ele sempre me elogiando e xingando ao mesmo tempo

eu adoro provocar e adoro ser xingada

O almoço era o menos importante, a única fome que eu tinha era de pica. A minha bucetinha precisava disso

eu nem lembro o que eu comi, mas lembro bem de terminar num motel, ajoelhada ao pé da cama, engolindo uma pirocona preta do jeito que eu gosto. Ah aquele batonzinho…. terminou todo borrado na rola grossa do meu comedor…

A minha cabecinha loira de patricinha sonsa subia e descia engolindo um caralho. Subiiiiaaa e desciiiiaaaaa… subiiiaaaa e desciiaaaaaa…

Eu adoro chupar pau ajoelhada, me sinto mais vulgar, mais piranha, acho que fura a minha bolha de patricinha burguesinha e me sinto uma atriz porno chupando um pau de forma pervertida

o corno no trabalho e a loirinha dele ajoelhada chupando o pau de outro macho. O sonho de todo corno subimisso rs e incrivel como eu também fico toda sub com uma piroca na cara

Tudo isso até chegarmos ao momento inicial… Sentadinha numa pica, em plena tarde, quicando e quicando na vara, ate que as notificaçoes do meu cel começaram a tocar… O corno queria muito saber o que eu tava fazendo

Segurei o cel, abri o wpp e fiz o que toda piranha deveria fazer… Gemi igual uma cachorra manhosa quicando na vara de outro macho

Aiinnn cornooooooooooooo aiin coronoooooooooooooooooooooo

Eu tenho certeza que o meu corno gozou nessa hora. Dá muito mais tesao gemer assim pra um corninho me escutar

é o exibicionismo em todas as formas, até virtual rs

Aos poucos eu to aprendendo isso de ser uma hotwife e provocar os meus corninhos punheteiros

O mais importante é sempre sentar numa pica grossa e gostosa rs

Um beijo pros cornos e pros tarados

The post Adestradora de Cornos first appeared on Contos Eróticos Bons.

O post Adestradora de Cornos apareceu primeiro em Contos Eróticos Bons.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow