Meu marido aceitou ser corno

Meu nome é Fabiane, sou casada com Anderson, tenho 28 anos, sou Brasileira de origem alemã, tenho um rosto maravilhoso (sei disso porque fui muito paquerada antes de nos mudarmos pra Angola, e meu marido morria de ciúmes).Povo angolano é acolhedor e bem conservador. Tenho olhos bem azuis, um sorriso lindo, pele bem branquinha, cabelos […] O post Meu marido aceitou ser corno apareceu primeiro em Seus Contos Eróticos.

Meu marido aceitou ser corno

Meu nome é Fabiane, sou casada com Anderson, tenho 28 anos, sou Brasileira de origem alemã, tenho um rosto maravilhoso (sei disso porque fui muito paquerada antes de nos mudarmos pra Angola, e meu marido morria de ciúmes).Povo angolano é acolhedor e bem conservador.

Tenho olhos bem azuis, um sorriso lindo, pele bem branquinha, cabelos loiros e liso até meus ombros, tenho seios médios para grande, são bem durinhos e meio rosados (meu marido Ama meus peitos), tenho uma boa forma física, nada torneado, mas em forma, bumbum normal.Tive alguns namoradinhos na época mais nada serio, coisa bem rápida e me casei quando tinha 23 anos e até hoje, meu corpo conhece apenas meu marido, foi ele que me tirou a virgindade e o único que já viu meus seios.

Nos mudamos pra Angola faz 3 anos, meu marido tem parceria com uma industria cá em angolana, na província de Malanje.Desde que nos mudamos pra cá, depois de um tempinho que o meu casamento deu uma boa esfriada, meu marido já perdeu bastante o interesse em mim e com alguns elogios que recebo em vários empresários angolanos, está difícil se manter fiel.O bom é que o pessoal daqui são tão carinhoso e respeitador.Trabalho na mesma industria que meu marido, que fica próximo as Quedas de Kalandula, estou na área de vendas e despachos, entro em contato direto com os clientes de outras províncias.

Dentre eles, tem um cliente que mora em Luanda e conversa muito comigo, se chama Pedro, sempre é animado, apenas pelo telefone, faz os pagamentos sempre por transferência, nunca deu a cara pra malanje, envia sempre seus homens pra confirmar a carga, e ele tem confiança nos nossos serviços.Me achou no facebook e solicitou amizade, claro que aceitei, vendo seu nome sabia que poderia ser ele.

Fui vendo suas fotos, vi que é negro, solteiro, 1,90m, tinha um ótimo físico, mas nada musculoso.No mesmo momento ele também via minhas fotos e começou a curti-las, ainda bem que meu marido não tem facebook e não via as curtidas, ficava até com frio na barriga quando postava algumas fotos e via ele reagindo com adoro.Algumas vezes, me chamava para conversar via webcam, eu só usava facebook no serviço então não atendia as chamadas dele por videos.

Passou um  tempo e ele pediu por mensagem escrita que o atendesse a chamada por vídeo, e no momento eu não tinha cliente estava livre em minha sala, atendi, ele quando me viu ficou a me dar vários elogios e o elogiava também, sentia que rolava um clima, até que ele perguntou se eu poderia ser sua guia turística em um visita em Kalandula, falei que iria falar com meu marido e que seria ótimo a visita dele, ele com uma voz de admirar e disse:

Tudo começou

Você é casada?Eu disse, claro, o que estaria a fazer eu aqui, com essa idade quase 30?Ainda ele fez uma brincadeira dizendo: Venha sem pedir pra ele, kkk. Dei risada e no despedimos.Fiquei molhada na hora, e fui com aquele fogo pra casa, a noite quis transar com meu marido, mas ele nem me deu bola.No outro dia, falei com meu marido que um comprador de Luanda estava querendo vir à Kalandula (Malanje) e nos convidou para nos encontrarmos, ele na hora achou legal, nem me perguntou como ele era e também não falei.Isso aconteceu em Janeiro, um sábado e nesse mesmo dia a noite tinhamos um jantar com membros sócios da industria, jantar de negocio.

Estava pronta para sair, com um vestido florido que deixava os ombros nus e tinha um bom decote nos seios e sem sutiã, usava um cascol e um cinto que desenhava bem minha cinturinha e ficava até um pouco acima da metade das coxas, estava maquiada, até meu marido elogiou, estava esperando meu marido se arrumar e fiquei mexendo na internet, eu tinha botado facebook no computador de casa por causa de Pedro.

Eu acenei ele, e Pedro não perdia nem um tempinho para uma conversa por web. Ele ficou me chamando na Webcam antes de aceitar, fui ver se meu marido ainda estava no banho, escutei o barulho da água e corri lá atender, ao me ver, ele ficou de boquiaberto, falou como eu estava linda, me pediu para ajeitar a câmera para me ver melhor, acho que ele queria ver meu corpo por inteiro, já que a câmera estava mirada em meu rosto e parte dos ombros, mexi na câmera e coloquei mais pra baixo, ele vibrou na hora e falou: Você está linda, abaixa a câmera um pouco mais?”

Eu sorri e abaixei e ele viu o meu decote, ele falou: Depois desta linda visão, com certeza irei quero vê-la com este vestido. Dê uma voltinha pra mim?”Me levantei e fiquei um pouco de frente para a câmera e dei uma voltinha, ele vibrou e falou: Você está muito linda e gostosa”Na hora fiquei a ri e fiz um sinal pra ficar quieto e falei: Meu marido está em casa”Me despedi e mandei um beijinho, ele mandou outro e estava com o braço na posição parecida como quem estivesse se masturbando, acho que ele me viu eu olhando.

Nesta noite, notei que meu marido estava diferente, me olhava com desenho sexual e me abraçava mais que o normal, não demoramos no jantar, pediu para irmos embora mais cedo e ao chegarmos em casa, avançou em mim, abaixou meu vestido com delicadeza revelando meus seios e os sugou com muita vontade, arrancou minha calcinha e me penetrou de uma vez, notou que eu estava molhadinha e sussurrou no meu ouvido: Adoro sentir você bem molhadinha”Nessa noite fizemos um sexo maravilhoso, fazia muito tempo que não tinha um tão bom.

Depois de vinte dias e muito papo no facebook, Pedro informou que tinha conseguido o despacho e a passagem e viria para Malanje no feriado de Carnaval, bem no fim de Fevereiro, faltando 3 dias apenas.Fiquei super ansiosa, comuniquei ao meu marido, falei que iria ver se fizesse uma reserva na Pousada que fica em Kalandula, ele concordou e disse pra fazer reserva pra dois quartos, depois disso, ficava mais tempo me olhando, principalmente quando eu ia tomar banho ele ficava olhando fixo para meus seios, que só depois fiquei sabendo o “Por que?”.Chegou o dia, como íamos ficar todos na Pousada, fiz a minha mala e a do Anderson.

Já de malas feitas Anderson recomendou que levasse o vestido que pus no jantar com seus sócios. Estranhei, mais acabei sedendo.Antes do vôo de Pedro decolar, ele me mandou uma mensagem dizendo: Antes de ver as Quedas de Kalandula, quero ver o seu sorriso”Ele sempre elogiava meu sorriso.Fomos buscá-lo no aeroporto com meu marido ao vê-lo, tive um frio na barriga, meu marido me olhou e falou: Pode ir lá cumprimentá-lo, vou ficar aqui esperando.

Senti o clima rolar

Fui na hora, Pedro me abraçou forte e me deu um beijo molhado na bochecha, ele estava perfumado e seu corpo era enorme, fiquei super excitada, ele elogiou minha beleza e falou: Adorei te ver, és ainda mais linda pessoalmente”Ficou ainda me segurando e olhando para meu corpo, tive que falar que meu marido estava nos esperando, ele falou: Você trouxe seu marido? Ahhhh”Eu sorri e falei: Eu disse que sou casada e ele é legal”

Ele olhou na direção do meu marido e falou: Tomara mesmo”Fomos em direção ao meu marido e ele com uma das mãos em minhas costas, antes dele apertar a mão do meu marido, ele deu uma leve apertada em minhas costas, após o cumprimento, fomos indo em direção ao carro e meu marido, estranhamente se afastou um pouco de nós, ele voltou a colocar a mão em minha cintura parecia ja meu amante e meu marido um mero conhecido kkkk, e ficou só conversando comigo, falou que era mais linda ao vivo, alisava minhas costas, eu estava com uma mistura de nervosismo e excitação.

Fomos ao carro ele sentou no banco de trás, meu marido na condução e no banco ao lado de meu marido.Chegamos a Pausada, nosso quarto ficava próximo ao dele, já era tarde e combinamos de sair para jantar, ele se despediu de mim olhando meu corpo de cima à baixo, não ligava para meu marido e pouco falava com ele, veio com a intenção de comer uma Brasileira de origem Alemã, ele parecia confiante na sua decisão.Anderson meu marido parecia não ligar.

Já no nosso quarto, ao sair do banho, Anderson sentado na cama e com uma cara diferente, parecia nervoso, perguntei se estava tudo bem, ele disse:Tudo certo”Tirei minha toalha, ele ficou me olhando e falou:

Estas bem depilada, gostei de ver”Apenas sorri e falei: Gostou?”Ele fez um sim com a cabeça e falou:

Coloca aquele vestido lindo, fica muito linda com ele”Estranhei o jeito de falar, mas concordei, coloquei uma calcinha nova, preta, semi-transparente com detalhes em rosa, que deixava minha bunda bem a mostra, Anderson adorou e falou que ainda não tinha me visto com ela, dei uma voltinha e falei:

Gostou? faz tempo que comprei”Fui me maquiar, ele estava se arrumando e ficava me vendo só de calcinha na frente do espelho, quando terminei e coloquei o vestido com um salto alto, me elogiou novamente e falou:

Vai lá chamar o Pedro, tenho que acabar de me arrumar ainda”Achei estranho isso, mas estava com vontade de vê-lo mesmo, fui logo.Ao chegar no quarto do Pedro, bati na porta e ele abriu, estava de banho tomado e ainda de camiseta e short, falei: Ainda não está pronto?”Ele nem respondeu, pegou em minha mão e falou:

Que coisa linda é essa em meu quarto? entre, vou te mostrar uma coisa”Ainda me olhando, deixou a porta meio aberta, pegou em minha mão e me deu o celular e falou: leia isso, aconteceu há três dias antes de embarcar pra cá”Peguei o celular com ele bem próximo a mim e comecei a ler uma conversa do meu marido com ele pelo wattsapp que dizia:

-Oi, aqui é o Anderson, marido da Fabiane, gostaria de conversar com você um pouco, podemos?”_fala Anderson, podemos sim””-Olha, andei vendo umas conversas sua no facebook de Fabiane com você, sei que está rolando um clima, olha, nosso casamento não está legal e lendo suas conversas, comecei a sentir algo que nunca tinha sentido, que é vê-la com outro homem…

Ele alisou minha cintura e me deixou com tesão

“Nesta hora falei: ai meu Pai, o que é isso?”Pedro falou: calma Fabiane, está tudo bem, leia até o final, leia em voz alta pra mim”Ele me pegou na cintura e me alisando, estava travada com a situação e voltei a ler.”-… e tenho vontade de vê-la com um negro e topo vê-la com você, caso ela aceite isso, a Fabiane será sua nestes dias, espero que a respeite, ok? Ela ainda é a mulher que amo. Agora é com você.”

_Anderson, estou muito feliz com isso, vou ser o primeiro negro na vida dela?””-Acho que sim, nossa região no Brasil não tem negros, e estamos poucos anos cá em Angola, tenho certeza que ela nunca me traiu””_Então vou te pedir uma coisa?””-Pode falar””_Adorei vê-la uma vez com um vestido de flor, ficou muito gostosa, fale pra ela usar pra mim?””-Com certeza, ela fica linda mesmo.””_Outra coisa, você aceita, como é a primeira vez com um negro, posso fazer sem proteção e gozar dentro da vagina dela dela? Ela toma pílula? Sou limpo, doou sangue, posso provar.””

-Ela toma sim, se ela deixar, será um enorme prazer da minha parte.””_Estou morrendo de tesão, sua esposa é muito linda e gostosa, vai adorar vê-la comigo.”Tinha outra conversa há vinte minutos que meu marido tinha enviado à ele.”-Pedro, a Fabiene está linda com o vestido, ela está com uma calcinha preta e enfiada, ela está bem depiladinha, você vai adorar.””

_Esta bem, manda sua esposinha pra cá logo, estou louco por ela.””-Pedro, mais uma coisa, eu adoro os seios da minha esposa e só eu até hoje os desfrutei, você será o único que irá curti-los depois de mim, aproveite.”Acabando de ler isso, ele segurou no meu pescoço e me deu um beijo na boca, correspondi com muita vontade, falou no meu ouvido:

Seu marido deixou você ser minha, garanto que vai adorar”Começou a beijar meu pescoço, ouço abrir a porta e era o meu marido, fiquei muda olhando pra ele enquanto o Pedro chupava e lambia o meu pescoço, Anderson nada falou e se sentou numa cadeira na beira do quarto, Pedro me olhou de frente e falou: Fabiane, só o Anderson que provou seus seios?”Falei que sim, ele falou: Vai deixar um negro Angolano aqui prová-los?

“Fiz um sim com a cabeça, ele falou: então mostre pra mim, quero ser o segundo homem na sua vida a desfrutar desses lindos seios”Olhei pra meu marido e depois pra ele, aquele momento já estava me deixar super molhada, peguei as alças do vestido e as abaixei, mostrei meus seios médios e rosadinhos, ouvi os suspiros de Anderson parecia gemido.Pedro caiu de boca em um deles, chupava com força, sugava até meu seio inteiro ficar dentro da boca e soltava, deixando-o todo babado, fazia isso em cada um, era uma delícia, ele parou de me chupar e se ajoelhou, pegou nas minhas coxas e falou para eu levantar meu vestido, levantei revelando minha calcinha preta, ele alisou minha bunda e falou:

Meu marido tava adorando

Anderson, você tem razão, que calcinha linda, dá pra ver a vagina lisinha”Naquele momento estava sendo puta de um negro angolano e meu marido era a plateia naquele quarto, Pedro falou para ficar de costas, voltei a olhar pro meu marido, estava suado e se masturbando devagar.Pedro era bem carinhoso e delicado, ele perguntou:

Fabiane, comprou esta calcinha só pra me mostrar?”Pensei um pouco eu toda suada ja mergulhada no prazer e falei: Não, comprei pra usar com meu marido, mas ele não quis nada comigo, então é você o primeiro”Meu marido ouvindo isso aumentou o ritmo da punheta, eu ja estava no jogo, adorando aquilo tudo.Pedro começou a lamber e morder minha bunda, fazia umas caretas de quem esta gostando, ela sabia fazer bem o seu trabalho.

Pedro mandou eu tirar o vestido e a calcinha bem devagar, ele ficou na cama me olhava, cada curva de meu corpo, chegou um momento que o cinto tinha prendido na hora de tirar, meu marido falou:  vem aqui amor, eu te ajudo”Fui pra perto dele, ele olhou meus seios babados e avermelhados, tirou meu cinto e abaixou o vestido, falou pra ficar de costas e de frente para Pedro que só estava de cueca na cama, ele pegou minha calcinha e foi abaixando, revelando minha bucetinha depiladinha, com só um pouco de pelinhos loiros aparados, com os grandes lábios rosadinhos a mostra, ele me deu um beijo na cintura.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow